Compartilhar

TwitterWhatsAppFacebook

TST suspende perícia no algoritmo da Uber para verificar vínculo empregatício

O ministro Douglas Alencar Rodrigues, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), concedeu, nesta sexta-feira (28/5), pedido da Uber contra decisão que determinava a realização de perícia no algoritmo do aplicativo para verificar se há ou não vínculo empregatício entre a plataforma e os motoristas.

De acordo com o relator do caso no TST, a controvérsia sobre a necessidade, cabimento e da licitude da prova pericial no algoritmo utilizado no aplicativo da Uber é matéria de alta complexidade, exigindo debate aprofundado. E os riscos que poderiam surgir de tal perícia precisariam de maior avaliação, já que tem o potencial de trazer à tona informações que são fundamentais no segmento empresarial de atuação da empresa.

Fonte: Jota
Leia a notícia completa: https://bit.ly/3pb6D3D

#ASJUR #HSST #TST #Direito_Trabalhista #Uber #TST #Vínculo_Empregatício